ELEIÇÕES 2022

Clécio se filia ao Solidariedade para disputar o Governo do Amapá

Clécio se filia ao Solidariedade para disputar o Governo do Amapá

Antes de chegar ao Solidariedade, Clécio passou pelo PT, PSOL e Rede Sustentabilidade

Compartilhe:

Em solenidade realizada neste sábado, 19, no Sindicato dos Urbanitários, em Macapá, o ex-prefeito da capital Clécio Luís Vieira filiou-se ao Solidariedade, partido pelo qual vai disputar o Governo do Amapá. A cerimônia contou com a presença do presidente nacional da legenda, o deputado federal Paulinho da Força, além de representantes de outros partidos, como PDT, União Brasil, PP, dentre outros.

Além de Clécio Luís, outros pré-candidatos, que pretendem disputar as eleições deste ano, assinaram ficha de filiação ao Solidariedade, como o ex-deputado estadual Edinho Duarte e o deputado estadual Jack JK, que deixou o Cidadania na janela partidária.

No discurso, o pré-candidato ao Governo do Estado falou de sua trajetória, agradeceu o apoio de lideranças comunitárias, movimentos sociais, culturais e de políticos, como o senador Davi Alcolumbre, e da decisão de optar pelo Solidariedade.

“Estou muito feliz com a minha escolha. Tenho certeza da opção que fiz, de vir para o Solidariedade. Ao mesmo tempo que eu escolhi, eu me senti escolhido; porque foi assim que nós construímos. E o Davi (Alcolumbre) fez essa articulação junto com o Paulinho (da Força) – mais uma ponte, que vai proporcionar a elaboração de um programa de governo, da apresentação de uma proposta de futuro para o nosso lugar, que é o Amapá”, afirmou Clécio.

Clécio Luís tem 49 anos, é professor, foi vereador de Macapá por dois mandatos, prefeito da capital por oito anos. Antes de chegar ao Solidariedade, passou pelo PT, PSOL e Rede Sustentabilidade.

Compartilhe: