AUXÍLIO DE R$ 800,00

Saiba onde retirar o cartão do Programa Alimento na Mesa

Saiba onde retirar o cartão do Programa Alimento na Mesa

Entrega dos cartões ocorre até o dia 24, em três pontos do município

Compartilhe:

A Prefeitura de Santana iniciou nesta segunda-feira, 20, a entrega dos cartões do Programa Alimento na Mesa – auxílio financeiro no valor de R$ 800,00 destinado a famílias em vulnerabilidade social. O benefício será pago em três parcelas, duas de R$ 250 e uma de R$ 300. A distribuição dos cartões aos 6,525 contemplados vai até sexta-feira, 24.

Para evitar aglomerações, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) dividiu os beneficiários em três grupos, de acordo com a letra inicial do nome, e organizou a entrega dos cartões em três pontos.

Quem tem o nome iniciado das letras A até H, deve retirar o benefício no prédio da própria Semasc, localizado na Avenida São Paulo, nº 203, bairro Paraíso.

Os beneficiários com nome iniciado das letras I até P devem se dirigir ao Centro do Idoso, na Rua C3, sem número, bairro Vila Amazonas.

Já quem tem o nome que começa com as letras Q até Z deve receber o cartão na Casa da Juventude (Caju), na Rua Euclides Rodrigues, nº 1397, bairro Nova Brasília.

Em todos os locais, a distribuição ocorre das 8h às 17h. Depois de receber o cartão, é preciso fazer o desbloqueio através do aplicativo. Com o cartão o beneficiário poderá comprar gás de cozinha, comida e remédios em estabelecimentos do município de Santana.

O Alimento na Mesa foi criado para amenizar os impactos sociais provocados pela pandemia. Os recursos são provenientes de emendas parlamentares do deputado federal Luiz Carlos (PSDB), que destinou R$ 4 milhões, e do senador Randolfe Rodrigues, que destinou R$ 1,2 milhão.

Durante a solenidade de início da entrega do benefício, o prefeito Bala Rocha (PP) agradeceu aos parlamentares que destinaram os recursos e à Câmara Municipal de Santana, que aprovou o projeto de criação do Alimento na Mesa. Ele reiterou o compromisso de adotar medidas que possam melhorar a qualidade de vida do povo santanense.

“Agradeço à Câmara dos Vereadores por ter aprovado rapidamente a lei que permitiu que esse projeto fosse realizado, e firmo nosso compromisso com a sociedade santanense de que continuaremos nos esforçando para fazer com que as famílias santanenses, que estão em vulnerabilidade social, saiam dessa condição”, afirmou Bala.

Compartilhe: