SUSPEITO DE ASSALTOS

Foragido da Justiça morre em confronto com o Bope

Foragido da Justiça morre em confronto com o Bope

Motocicleta usada pela dupla tina restrição de furto/roubo e foi recuperada pela Polícia Militar

Compartilhe:

Jhonatan Viana da Silva, de 22 anos, conhecido como “Tourinho”, morreu durante confronto com uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar, nesta quinta-feira, 1, no bairro Ipê, zona norte de Macapá. De acordo com a PM, Jhonatan era foragido da Justiça.

O Bope reforçou o policiamento na região depois que várias ocorrências de disparos de arma de fogo foram registradas. Em um determinado momento do patrulhamento, os policiais foram abordados por uma pessoa, que denunciou dois homens em um motocicleta portando arma de fogo e assaltando na área.

De posse das características da motocicleta e dos suspeitos, a equipe começou a fazer buscas pela área, e minutos depois conseguiu localizar o veículo estacionado na via pública. Ao lado da moto, dois homens segurando capacete. Quando avistaram a viatura, fugiram para uma área de mata.

O cerco policial foi feito e os suspeitos ficaram encurralados. Jhonatan sacou uma arma da cintura e efetuou disparos contra a equipe, que revidou e baleou o foragido. O comparsa conseguiu fugir. Como a área onde ocorreu o confronto é de difícil acesso, os policiais levaram o suspeito baleado até a via pública para receber atendimento médico.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas quando chegou Jhonatan já estava morto.  Ainda segundo apuração do Bope, o criminoso era apontado como um dos responsáveis em matar membros de uma facção rival da qual ele fazia parte.

Segundo a polícia, Jhonatan era envolvido em assaltos e assassinatos

No fim do mês passado, ele teria tentando matar dois membros de uma facção rival. Além disso, Jhonatan é suspeito de participar de um assalto a um estabelecimento comercial no bairro Ipê.

Um revólver calibre 38 com cinco munições deflagradas foram apreendidos. Ao consultar a placa da moto que a dupla estava utilizando, foi constatado que o veículo tinha restrição de furto e roubo.

Compartilhe: