ASSISTÊNCIA SOCIAL

Famílias de Santana serão beneficiadas com auxílio financeiro durante a pandemia

Famílias de Santana serão beneficiadas com auxílio financeiro durante a pandemia

Cada família beneficiada receberá R$ 400, em três parcelas

Compartilhe:

Até o fim de julho, as famílias mais afetadas pela pandemia do novo coronavírus em Santana começam a receber cartões do auxílio financeiro de R$ 400 criado pela Prefeitura. A meta é atender três mil famílias e os recursos para o pagamento do benefício foram assegurados por emendas da deputada federal Leda Sadala (Avante) e do senador Randolfe Rodrigues (Rede).

O cadastro dos beneficiados deve iniciar ainda nesta semana, pela Secretaria de Assistência Social em conjunto com líderes comunitários. A prefeitura repassará o valor através de um cartão de compras que poderá ser utilizado em todos os estabelecimentos credenciados, preferencialmente localizados no bairro dos beneficiários. O cartão poderá ser utilizado para compra de gás de cozinha e também medicamentos. Serão duas parcelas de R$ 150 e uma de R$ 100, totalizando R$ 400.

A deputada Leda Sadala destinou R$ 1,2 milhão para o programa, mesmo valor destinado pelo senador Raldolfe Rodrigues, que deve estar na conta do município em dez dias. “Diante da mais profunda crise sanitária dos últimos tempos, a economia também foi afetada, sobretudo a vida financeira das pessoas mais humildes. Precisamos agir com pressa para que esses recursos cheguem o mais rápido possível à mesa. As famílias de Santana e de outras cidades do Amapá têm pressa”, afirmou o senador.

Randolfe também alocou recursos de emenda para assistência social durante a pandemia para Oiapoque (R$ 300 mil), Serra do Navio (R$ 100 mil), Amapá (R$ 100 mil), Laranjal do Jari (R$ 100 mil) e Mazagão (R$ 100 mil). Tais recursos também aguardam liberação do governo federal.

Compartilhe: