Combate à pandemia

Câmara autoriza contratação de médicos formados no exterior

Câmara autoriza contratação de médicos formados no exterior

Atendimento na Unidade Básica de Saúde Maria Tadeu passa a ser 24 horas

Compartilhe:

A Câmara Municipal de Santana (CMS) autorizou a Prefeitura a contratar médicos cubanos que atuaram no Programa “Mais Médicos” para reforçar o atendimento à população durante a pandemia do novo coronavírus. Uma emenda ao projeto de lei também ampliou a possibilidade de contratação de médicos cursando residência ou de brasileiros que já concluíram o curso de medicina em outros países e estão habilitados a exercer a profissão no exterior.

Presidente da Câmara, Helena Lima (segunda da esquerda para a direita) e representantes dos médicos brasileiros e estrangeiros

A mudança foi proposta pela presidente da Casa, vereadora Helena Lima (Republicanos). “Não obstante os esforços por parte da administração pública, tanto estadual, quanto municipais, para efetivar a contratação de médicos para suprir as demandas do enfrentamento à pandemia, o município de Santana também já abriu editais visando a contratar tais profissionais. No entanto, apesar do chamamento público, poucos médicos compareceram”, justificou a parlamentar.

Após a aprovação do projeto, o prefeito Ofirney Sadala anunciou que a Unidade Básica de Saúde Maria Tadeu, referência para atendimento de pessoas com sintomas da covid-19, passaria a funcionar 24 horas por dia a partir de quinta-feira, 28. “Vamos contratar todos os médicos cubanos, que estejam no município de Santana, para se unir a essa força-tarefa no enfrentamento dessa pandemia no nosso município”, afirmou Sadala.

De acordo com o último boletim, divulgado pelo governo do Estado na quarta-feira, 27, Santana tem 898 casos confirmados do novo coronavírus e 19 óbitos provocados pela covid-19.

Compartilhe: