Precaução

Amapá terá mais cinco dias de lockdown

Amapá terá mais cinco dias de lockdown

Barreiras sanitárias e rodízio de veículos vão continuar até o dia 2 de junho

Compartilhe:

Depois de dez dias de lockdown em todo o Estado, uma reunião entre governo, prefeituras, Ministérios Públicos Estadual e Federal, Poder Judiciário e representantes do comércio local, definiu a prorrogação das medidas mais restritivas até a próxima terça-feira, 2 de junho. A reunião aconteceu no Palácio do Setentrião, sede do governo amapaense.

As barreiras sanitárias e de trânsito continuarão sendo realizadas em pontos estratégicos onde há grande fluxo de veículos. Outra medida que também continuará valendo é o rodízio de placas: nos dias ímpares, placas com final ímpar poderão circular, e nos dias pares as placas com final par. As exceções continuam valendo para pessoas que se enquadram no grupo de trabalhos essenciais. Só não ficou claro como vai funcionar o rodízio nos dias 31 de maio e 1 de junho, que são ímpares.

O governador Waldez Góes afirmou que os dez primeiros dias de barreiras apresentaram ótimos resultados. O Amapá liderou o índice de isolamento social no país, chegando a 60,7% no dia 24. “Nós decidimos, por recomendação da equipe médica e científica, prorrogar por mais cinco dias, para não perdemos o que conquistamos na saúde pública”, avaliou.

Até sexta-feira, 5 de junho, as medidas restritivas podem ser flexibilizadas, como a abertura gradual do comércio, mas isso só será possível se a prorrogação do lockdown apresentar uma melhora e desafogar a rede de saúde.

Até a tarde desta quinta-feira, 28, o Amapá já contabilizava 8.152 casos confirmados do novo coronavírus e 198 óbitos pela covid-19.

Compartilhe: