TRE-AP cassa mandato do vereador Anderson Almeida

  • Vereador foi condenado por ter construído um galpão na Área Portuária de Santana
    Vereador foi condenado por ter construído um galpão na Área Portuária de Santana
Ficou devidamente evidenciado que a obra, além de ter sido financiada pelo então candidato, foi objeto de ampla divulgação em ano eleitoral como sendo de responsabilidade de Anderson Almeida —   Ministério Público Eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) cassou, nesta segunda-feira, 14, o mandato do vereador de Santana Anderson Almeida (DEM), pela prática de abuso do poder econômico e político nas eleições de 2016. O parlamentar também está inelegível por oito anos a contar da época do fato.

De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Eleitoral, nas eleições municipais de 2016, Almeida construiu, com recursos próprios, um galpão público na Área Portuária de Santana, com o intuito de influenciar o eleitorado para angariar votos para a Câmara Municipal. Segundo o MP Eleitoral, a entrega da obra, em julho de 2016, véspera do período de campanha eleitoral, demonstrou a intenção do vereador de que o eleitorado associasse mais facilmente a obra recém-entregue ao candidato apontado como responsável.

“Ficou devidamente evidenciado que a obra, além de ter sido financiada pelo então candidato, foi objeto de ampla divulgação em ano eleitoral como sendo de responsabilidade de Anderson Almeida”, afirma a denúncia. Para o MP Eleitoral, estava claro o benefício eleitoreiro advindo da conclusão da obra, tendo em vista a importância do galpão para as atividades comerciais da comunidade da Área Portuária de Santana.

O placar foi de quatro votos a dois pela cassação do mandato do vereador. O suplente é Adelson Rocha, do PSD, que teve 988 votos nas últimas eleições. Tentamos contato com Anderson Almeida, mas ele não atendeu às ligações. A defesa deverá recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

1 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

1 Comentários

  •  
    Edineia jardim

    15/05/2018 às 08:29h

    E como diz o ditado a JUSTIÇA TARDA MAIS NÃO FALHA e aonde A FUMAÇA A FOGO, só espero que faça vale é que não só um, mas todos paguem pelos suas ganância ! Ganância de poder de e status de usar o dinheiro público que é para beneficiar a todo povo eles fazem uso próprio só para seu benefício eu acredito que a lei vai se cumprir para todos e aí vamos vê a sujeira que está debaixo do tapete.

Anuncie Aqui