Alap renova Termo de Auxílio com Capuchinhos

  • Kaká Barboa assegurou que o Legislativo atuará sempre em harmonia e continuará com o compromisso social
    Kaká Barboa assegurou que o Legislativo atuará sempre em harmonia e continuará com o compromisso social J. Cruz
O Centro conhecido como Capuchinhos desenvolve um trabalho muito importante, seja no âmbito social ou com atendimentos de saúde. E depende de doações para se manter. Por isso, optamos pela renovação do auxílio. —   Kaká Barbosa - presidente da Alap

A Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) renovou o Termo de Auxílio com a Associação Educadora Capuchinhos. A assinatura ocorreu na última sexta-feira, 6, no Centro de Promoção Humana Frei Daniel Samarate, com a presença do presidente da Alap, deputado Kaká Barbosa (Avante), do procurador-geral do Ministério Público do Amapá (MP/AP), Márcio Augusto Alves, além de integrantes da entidade religiosa. A renovação só foi possível mediante autorização do MP/AP ao Legislativo. O fomento é de R$ 180 mil, divididos em 12 parcelas de R$ 15 mil. No mesmo termo, o Poder Legislativo liberou R$ 180 mil para a aquisição de dois equipamentos para análises clínicas.

Em novembro de 2017, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, da Probidade e das Fundações de Macapá (Prodemap), o MP-AP expediu Recomendação para que a Alap, na pessoa do seu presidente, adequasse o orçamento próprio do Poder Legislativo às suas necessidades de órgão legislador e fiscalizador, se abstendo de formalizar qualquer tipo de repasse para fins diversos de suas funções institucionais.

Porém, a Promotoria abriu exceção para convênios de interesse social e que comprovadamente auxiliam entidades carentes e, desta forma, a população. Ao todo, sete ações neste âmbito foram liberadas pelo MP-AP.

“O Centro conhecido como Capuchinhos desenvolve um trabalho muito importante, seja no âmbito social ou com atendimentos de saúde. E depende de doações para se manter. Por isso, optamos pela renovação do auxílio. Agradeço ao Ministério Público pela sensibilidade”, reconheceu o presidente da Alap, Kaká Barbosa.

O PGJ ressaltou que o Termo promove o bem-estar da população e destacou que o presidente da Alap procurou o MP-AP para orientações sobre como bem proceder. Márcio Alves parabenizou o deputado Kaká Barbosa pelo trabalho filantrópico aos Capuchinhos que atendem, em média, sete mil pessoas por mês.

O presidente agradeceu às palavras do procurador-geral e assegurou que o Legislativo atuará sempre em harmonia e continuará com o compromisso social.

O diretor dos Capuchinhos, Frei Carlos Pestana, lembrou que em 2014 foi inaugurado o Centro de Odontologia. "O sonho do nosso Frei Apolônio era com o laboratório, ele se foi e o sonho continuou, e hoje, com a compreensão e empenho do presidente Kaká Barbosa, estamos realizando o nosso sonho e do frei Apolônio", ressaltou. Ele explicou que uma das máquinas de análises clínicas permite a realização de duzentos exames por hora e com a aquisição dos equipamentos, a tendência é aumentar o número de atendimentos.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui