Rato e Helena Lima disputam a presidência da Câmara Municipal de Santana

  • Vereador Rato tem apoio do governador Waldez Góes na disputa pela Mesa Diretora
    Vereador Rato tem apoio do governador Waldez Góes na disputa pela Mesa Diretora
  • Grupo liderado pela vereadora Helena Lima tem apoio de Davi Alcolumbre
    Grupo liderado pela vereadora Helena Lima tem apoio de Davi Alcolumbre
Eleição para o biênio 2019/2020 chegou a ser realizada em agosto do ano passado, mas foi anulada pela Justiça

Está confirmada para esta quinta-feira, 15, a eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Santana para o biênio 2019/2020. A atual presidente, Helena Lima (PRP), é candidata à reeleição e terá como adversário Josivaldo Abrantes, o Rato (PDT). Helena tem apoio do senador e pré-candidato ao governo do Estado, Davi Alcolumbre (DEM), e Rato conta com o apoio do governador Waldez Góes.

A chapa encabeçada por Rato foi protocolada na última segunda-feira, 12, e tem como 1º vice-presidente Jailson Correa, do PR; Marco Aurélio Sousa é o 2º vice-presidente; Drª. Kátia, do Podemos, é 1ª secretária; e Socorro Nogueira, do PT, é 2ª secretária.

A outra chapa é formada por Helena Lima, na presidência; Genival Oliveira, do PMB, como 1º vice-presidente; Alberto Negrão, do PTC, como 2º vice-presidente; Ângelo Santos, do PCdoB, na 1ª secretaria; e Coló, do PSL, como 2º secretário.

Com 15 vereadores no parlamento municipal e cinco em cada chapa, a disputa é pelos votos dos cinco restantes. O grupo de Helena dá como certo o apoio de Anderson Almeida, Griti meu Nome, Robson Coutinho e Rarison Santiago. Já a chapa de Rato teria como voto garantido o de Dr. Fabiano. No entanto, as negociações devem continuar até a hora da votação, marcada para as 9h.

A eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Santana para o biênio 2019/2020 chegou a ser realizada em agosto do ano passado, com uma única chapa inscrita: a da atual presidente Helena Lima. No entanto, um grupo de parlamentares contestou o processo eleitoral e conseguiu que o pleito fosse anulado pela Justiça.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui