Policiamento e vigilância eletrônica reduzem em 77% crimes nas escolas estaduais de Santana

  • Câmeras de vigilância fazem o monitoramento 24h por dia
    Câmeras de vigilância fazem o monitoramento 24h por dia Erich Macias/Ascom/GEA
Enquanto em 2016 ocorreram 53 furtos, em 2017 foram apenas 12 registros durante todo o ano.

A combinação entre o monitoramento eletrônico e a intensificação do policiamento escolar resultou na redução expressiva de crimes nas escolas da rede estadual de ensino dos maiores municípios do Estado, em 2017.

Boletim da Divisão de Estatística da Polícia Militar (PM), divulgado pelo Governo do Amapá nesta segunda-feira, 5, apontou que durante todo o ano de 2016 foram registrados 53 furtos em escolas estaduais, enquanto em 2017 este número caiu para 12 registros, gerando uma queda de 77%. Na capital, Macapá, os resultados também foram animadores: diminuição de 257 furtos em 2016 para 171 em 2017, uma redução de 34%, aproximadamente.

Os dados correspondem às ocorrências registradas pelo policiamento escolar das unidades de Macapá e Santana, divididos entre quatro batalhões (4º Batalhão em Santana; e 1º, 2º, 6º Batalhões em Macapá) e as ocorrências registradas pelo Centro de Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes).

Muitos crimes também foram coibidos nas escolas da rede estadual, segundo o boletim. No ano passado, 80 tentativas de furtos e intrusões foram frustradas após o disparo do alarme e acionamento imediato da PM.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seed), a empresa contratada para o serviço de vigilância monitorada de escolas implantou circuitos de câmeras e alarmes, sensores de presença e equipamento de armazenamento de imagens em cada unidade do perímetro urbano do dois municípios. A Seed anunciou a ampliação da vigilância eletrônica monitorada para as áreas urbanas de outros municípios ao longo de 2018.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui