Edson Porto faz mistério sobre escalação do Peixe contra o Sport

  • Treinador santista prefere não revelar o time que vai entrar jogando na quarta-feira
    Treinador santista prefere não revelar o time que vai entrar jogando na quarta-feira - Rosivaldo Nascimento
img
Jonhwene Silva
Editor de esportes
Nosso grupo vem de uma pré-temporada curta. Mas estamos confiantes que, jogando dentro de casa, podemos obter um resultado positivo. Lógico, respeitando o adversário. —   Edson Porto - técnico do Santos-AP

Depois da derrota na estreia da Copa Verde, para o Atlético-AC, na semana passada, o Santos-AP volta suas atenções para o jogo da próxima quarta-feira, 7, pela Copa do Brasil, contra o Sport Recife (PE). Nesta segunda-feira, 5, o Peixe da Amazônia treinou no estádio Zerão, local da partida decisiva. Pelo regulamento da competição, nesta primeira fase, os confrontos são em partida única e o time visitante tem a vantagem do empate, por isso, o Peixe realizou exercícios de finalização para tentar surpreender o adversário.

O técnico Edson Porto irá com força máxima mesmo ainda não tendo padrão de jogo já que o elenco iniciou a pré-temporada há menos de um mês. Mesmo escondendo o jogo, Porto sabe que não terá vida fácil diante do Leão.

“Sabemos das dificuldades que é enfrentar um time de série A. Nosso grupo vem de uma pré-temporada curta. Mas estamos confiantes que, jogando dentro de casa, podemos obter um resultado positivo. Lógico, respeitando o adversário”, disse o treinador.

Ao que tudo indica, o time que enfrenta o Sport deverá ser o mesmo que iniciou a partida contra os acreanos. Edson Porto preferiu manter em sigilo a escalação, pois usará isso como trunfo para surpreender os visitantes. “Acho que devemos ter cautela e nessa hora ter confiança e acreditar é importante. É preciso inteligência e por enquanto ainda estou finalizando o time que irá começar”, afirmou.

Destaque no Amapazão 2017, o goleiro Axel acredita que esta é uma boa oportunidade para ‘trazer’ o torcedor para o time novamente. Além disso, para ele, todo jogador sonha em enfrentar um time de expressão para ter, quem sabe, uma oportunidade.

“É vitrine que todo jogador quer. O Sport é um grande time e caso consigamos a vitória, com certeza, teremos o apoio do torcedor na temporada inteira. Quem sabe, até mesmo, nós como jogadores, não conseguimos uma chance num grande clube. Tudo vai depender desse jogo. Estamos confiantes e esperamos fazer um bom resultado”, acredita o arqueiro.

A partida entre Santos e Sport está marcada às 18h30, horário de Macapá. O jogo será comandado pelo trio paraense formado pelo árbitro Joelson Cardoso, auxiliado por Hélcio Neves e Dimmi das Chagas. O amapaense Valdicleuson Costa será o arbitro assistente.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui