Governo do Amapá confirma pagamento do 13º para o dia 20

  • Apesar da crise, governo garantiu o pagamento do 13º salário para o dia 20 deste mês
    Apesar da crise, governo garantiu o pagamento do 13º salário para o dia 20 deste mês - Divulgação
O estado está entre as 14 unidades federativas que confirmaram a quitação do 13º de 2017. O restante ainda não tem previsão de pagamento.

O Governo do Amapá confirmou para o dia 20 o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos. A primeira foi paga no dia 20 de junho. De acordo com a Secretaria de Fazenda do Estado (Sefaz), serão injetados R$ 53 milhões a mais na economia amapaense. Somados à folha de novembro, o valor pago aos servidores nos primeiros 20 dias de dezembro será de R$ 165,7 milhões.

Apesar da crise fiscal e a queda nas receitas, o Amapá vai conseguir honrar o compromisso com os servidores e efetuar o pagamento do benefício. O estado está entre as 14 unidades federativas que confirmaram a quitação do 13º de 2017. O restante, 13 Estados, ainda não tem previsão de pagamento.

A situação mais crítica está no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, unidades economicamente mais desenvolvidas que o Amapá. Nestes três Estados, R$ 1,2 milhão de servidores públicos podem ficar sem pagamento este ano.

O Executivo carioca ainda não pagou o 13º de 2016 e ainda não há previsão para 2017. No RS, o governo gaúcho pagou a última de 12 parcelas em novembro e também está sem previsão de quitação para este ano. No Estado mineiro, o 13º de 2016 também foi pago em várias parcelas e continua sem planejamento para pagar 2017.

O secretário de Estado da Fazenda do Amapá, Josenildo Abrantes, destaca os esforços políticos do governo para manter o 13º do funcionalismo público do Amapá, mesmo na crise. Ele lembra que em 2016 o Executivo amapaense priorizou o pagamento com os recursos que recebeu da repatriação de bens no exterior.

“O governador Waldez sempre priorizou os direitos dos servidores públicos, mesmo com os recursos escassos. A Agenda do Servidor e os esforços para quitar o 13º são provas disto”, analisou o secretário. 

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui