Governo abre inscrições para o Programa Amapá Jovem

  • Público alvo deve ter idade entre 15 e 29 anos
    Público alvo deve ter idade entre 15 e 29 anos Foto - Ascom/GEA
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas somente por meio do site www.juventude.ap.gov.br.

Já está aberto o cadastro para habilitação de beneficiários do Programa Amapá Jovem. Os habilitados serão contemplados com transferência de renda durante o período em que permanecerem no programa.

Para participar, o jovem deve atender aos seguintes critérios: ter de 15 a 29 anos, possuir renda familiar de até dois salários mínimos, não possuir vínculo empregatício, estar em situação de vulnerabilidade social e ser ativo no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) – ferramenta inclusa para garantir a transparência no processo de seleção para aqueles que mais necessitam do benefício. Não é necessário estar matriculado em uma instituição de ensino para participar do Amapá Jovem.

Segundo a secretária de Juventude, Joelma Santos, neste primeiro momento a intenção do governo é atingir 10 mil beneficiários em todo Estado. Ela lembra que o público de 15 a 29 anos corresponde a 27,2% da população do Amapá, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os jovens selecionados serão bolsistas durante um ano (o prazo pode ser renovado por igual período). “Além disso, eles terão a oportunidade de se qualificar ao participar de cursos, oficinas e projetos em diferentes polos do Programa Amapá Jovem instalados nos 16 municípios do Estado”, frisa a secretária.

O governador do Amapá, Waldez Góes, ressaltou que o programa é uma política de Estado que possui um grande alcance social, por isso, é fundamental para atender os jovens em situação de vulnerabilidade social. “O jovem terá a oportunidade participar de atividades complementares à educação escolar e também receberá incentivo para se manter no programa”, frisou Góes.

O cadastro para o Amapá Jovem iniciou na última quarta-feira, 29. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas somente por meio do site www.juventude.ap.gov.br. No endereço também está disponível a chamada pública da habilitação. Para se cadastrar, o interessado deve preencher um formulário disponível no site e ter em mãos endereço completo, RG, CPF e Número de Inscrição Social (NIS), que é o número gerado a partir da inscrição no CadÚnico.

Ao finalizar o procedimento, o jovem deve guardar o comprovante de inscrição e acompanhar o resultado, que será disponibilizado no mesmo endereço eletrônico, onde também é possível sanar dúvidas sobre o cadastro www.juventude.ap.gov.br. Outras informações podem ser obtidas na Sejuv, localizada na Avenida Glicério Souza Figueiredo, nº 142, bairro Jardim Felicidade II.

Convocação

Após a etapa de cadastramento online, haverá análise socioeconômica, para avaliar se os jovens estão em situação de vulnerabilidade, posteriormente, será publicada a primeira convocação de habilitados para inclusão no programa, com prazos e locais para entrega de documentos.

Os jovens que atenderem aos critérios serão convocados conforme a disponibilidade orçamentária da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), por meio do site www.juventude.ap.gov.br, onde serão divulgados data, horário e local em que o jovem deverá se apresentar, além dos documentos necessários.

Por fim, os habilitados serão encaminhados para os polos do Programa Amapá Jovem, onde o bolsista assinará o termo de compromisso e escolherá uma das atividades ofertadas pela iniciativa.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui