Santana terá mais recursos para assistência social em 2018

  • Representantes dos 16 municípios do Amapá e o senador Davi Alcolumbre participaram da reunião
    Representantes dos 16 municípios do Amapá e o senador Davi Alcolumbre participaram da reunião
Saímos totalmente satisfeitos e com a garantia essencial de ampliar, a partir do ano que vem, os serviços de assistência social em nossos respectivos municípios. —   Diana Castelo - secretária de Assistência Social de Santana

Em reunião com uma comitiva formada pelos secretários de Assistência Social dos 16 municípios do Amapá, em Brasília, o ministro do Desenvolvimento Social (MDS), Osmar Terra, comprometeu-se em liberar recursos para a implementação de ações que melhorem as políticas assistenciais, sobretudo, às famílias de baixa renda das cidades amapaenses.

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) participou da reunião, para reforçar o pleito do Conselho Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Amapá (Coegemas) junto ao governo federal.

As demandas apresentadas ao MDS tratam, por exemplo, da ampliação de equipes volantes e centros de acolhimento, além das propostas voluntárias onde todos os municípios serão contemplados no orçamento de 2018. "Graças ao senador Davi encontramos as portas abertas no ministério e saímos totalmente satisfeitos e com a garantia essencial de ampliar, a partir do ano que vem, os serviços de assistência social em nossos respectivos municípios", afirmou Diana Castelo, secretária de Assistência Social de Santana.

O maior desafio das administrações municipais consiste em dispor de recursos para implementar as ações e programas que melhorem a assistência prestada, especialmente a famílias de baixa renda e, ou em situação de risco; tendo em vista que a realidade da Amazônia é peculiar.

"Nossa agenda junto ao ministro visou principalmente chamar a atenção para os municípios da Amazônia, já que fazer assistência social na região tem custos e logística diferentes", avaliou o secretário de Assistência Social de Macapá, Lucas Abrahão.

Para Macapá, R$ 300 mil serão destinados para aquisição de veículos, e mais R$ 1,7 milhão para a construção de dois centros de convivência nos residenciais São José e Açucena.

Priorizar os investimentos de recursos públicos na área da assistência social para o senador Davi, articulador do encontro, é uma abordagem necessária para que seja possível melhorar o quadro atual nessa área.  "Reunimos anteriormente, em Macapá, com os dezesseis secretários que foram representados pelos que participaram da audiência com o ministro, que já colocou à disposição as equipes técnicas do MDS para que possamos fazer justiça social em todas as cidades de nosso Estado. Esse é o nosso papel e não medimos esforços para ter pleno sucesso nesse desafio", destacou o senador.

Participaram da audiência juntamente com o senador Davi Alcolumbre, os secretários Lucas Abrahao, de Macapá; José Farias, Pedra Branca do Amapari; Rosileide Araújo, Oiapoque; Romulo Teixeira, Serra do Navio; Cláudia Pinheiro, Pracuúba; Roseanne Bernal, Tartarugalzinho; Diana Castelo, de Santana e Richardson Xavier, conselheiro municipal de Assistência Social de Santana.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui