Bebê resgatada no lixo recebe nome de ‘Maria Flor’ e passa bem

  • A menina foi levada para o Hospital de Santana, onde deverá ficar em observação por uma semana
    A menina foi levada para o Hospital de Santana, onde deverá ficar em observação por uma semana
O bebê ficará em observação por sete dias, para tratamento devido à situação em que foi encontrado.

É estável o quadro de saúde da recém-nascida resgatada pela equipe do 5º Grupamento de Bombeiro Militar de Santana, no início da tarde da última quinta-feira, 19. A criança recebeu o nome de “Maria Flor”, carinhosamente dado pela equipe de saúde da Maternidade de Santana.

Hospitalizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da maternidade, “Maria Flor” ainda não pode receber visitas, para evitar contaminações. O bebê ficará em observação por sete dias, para tratamento devido à situação em que foi encontrada.

A menina foi achada ainda com o cordão umbilical e restos de placenta, abandonada dentro de uma bolsa feminina em uma área no bairro Hospitalidade, em Santana, em meio a lixos amontoados, às proximidades da Casa da Hospitalidade. O resgate foi realizado pelo sargento BM C. Mendes, Cabo BM Remédio e Soldado BM Fem. Márcia Oliveira, que atenderam a ocorrência. A recém-nascida já está sob os cuidados e proteção da Justiça.

Doações

O caso comoveu e mobilizou muitas pessoas, que passaram a ajudar com doações para a pequena “Maria Flor”. Devido à quantidade de donativos, a Maternidade de Santana não está mais recebendo, pois não tem onde armazená-los. As novas doações devem ser encaminhadas à Casa da Hospitalidade, localizada a Avenida José de Anchieta, 360, bairro da Hospitalidade, onde a criança será acolhida temporariamente até que encontrem uma família para recebê-la. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (96) 3281-1205.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui