São Paulo-AP e FAF apresentam time para disputa de competição nacional

  • Elenco que vai disputar a competição no Rio de Janeiro foi apresentado nesta sexta-feira
    Elenco que vai disputar a competição no Rio de Janeiro foi apresentado nesta sexta-feira - Divulgação
img
Jonhwene Silva
Editor de esportes
Estamos num ritmo forte de treinamento físico e tático, e sabemos que não será nada fácil. Mas, vamos com garra a esperamos não decepcionar a torcida. —   Ademir Nunes - técnico

Com a intenção de incentivar e promover cada vez mais as categorias de base, a diretoria do São Paulo-AP, em parceria com a Federação Amapaense de Futebol (FAF), apresentou nesta sexta-feira, 6, a equipe Sub-13 do Tricolor da Zona que irá representar o Amapá no Torneio de Desenvolvimento, promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O grupo de 20 jogadores formado por garotos na faixa etária entre 10 e 13 anos, disputa entre os dias 10 e 15 de outubro, na Granja Comary, no Rio de Janeiro, a competição com equipes de todos os estados do país. O selecionado amapaense caiu no grupo que conta com Palmeiras, Jacuipense, da Bahia, e a seleção do Maranhão.

“Nosso time vem mantendo uma base boa desde a disputa do Amapazinho onde fomos campeões. Estamos num ritmo forte de treinamento físico e tático, e sabemos que não será nada fácil. Mas, vamos com garra a esperamos não decepcionar a torcida”, disse Ademir Nunes, técnico do time.

A competição tem como objetivo promover aspectos educacionais, contribuindo para a formação profissional e social dos atletas. Com isso, descobrir novos talentos do futebol brasileiro. De acordo com Neto Góes, diretor da FAF, a entidade buscou a vaga e garantiu o apoio para a garotada.

“É uma vitrine e tem sido esse o papel da Federação Amapaense de Futebol: contribuir também com as categorias de base. E a aposta é que o São Paulo consiga um bom resultado e com isso, quem sabe, muitos desses meninos possam ser vistos por olheiros dos grandes clubes”, afirmou Góes.

O atacante Cauã disse que, apesar de saber que será uma competição nacional e com grande visibilidade, só pensa em ir para o campo e garantir a vitória para o São Paulo. Segundo ele, medo dos adversários não vai ter. “Graças a Deus, estamos fazendo um trabalho junto com o professor Ademir e não vejo a hora de ir logo pro campo. Sei que ‘os caras’ são de clube grande, mas no campo fica tudo igual. Vou pra cima mesmo e, se Deus quiser, vamos conseguir a vitória”, acredita o garoto.

A diretoria do São Paulo informou que a intenção é mostrar o time para que outros clubes possam manifestar interesse na contratação dos garotos. “É o sonho de todos eles e o São Paulo, junto à FAF, vai poder contribuir, e quem sabe essa garotada possa ficar em um time grande e assim, no futuro, vamos poder dizer que saiu do São Paulo do Amapá”, finalizou o presidente do clube, Adenos Padeirinho.

O São Paulo estreia contra os paulistas do Palmeiras no dia 11 de outubro, na Granja Comary, às 10h25.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui