Justiça Criminal de Santana bate meta do Conselho Nacional de Justiça

  • Equipe da 1ª Vara Criminal de Santana
    Equipe da 1ª Vara Criminal de Santana Ascom - Tjap
Índices exigidos pelo CNJ foram alcançados com três meses de antecedência

Com três meses de antecedência, a 1ª Vara Criminal da Comarca de Santana alcançou as metas do Conselho Nacional de Justiça para o ano de 2017. A medida é estabelecida anualmente com objetivo de estimular a produtividade, celeridade e eficiência da prestação jurisdicional em todo o País.

De acordo com a juíza Priscylla Peixoto Mendes, os percentuais das metas relacionadas à área criminal foram alcançados ao final do mês de setembro. Entre elas, a 1ª Vara Criminal de Santana conseguiu julgar mais processos que os distribuídos (quantidade maior de processos de conhecimento do que de distribuídos no ano corrente).

Outra marca batida foi a quantidade de julgamento superior a 80% de processos antigos, distribuídos até 2013. Outra ação de sucesso foi priorizar os processos relativos à corrupção e à improbidade administrativa. Mais de 70% das ações de crimes contra a administração pública denunciadas até 2014 foram julgadas.

De um total de oito metas estabelecidas pelo CNJ, somente três se aplicam às Varas Criminais. “As demais têm foco em Varas Cíveis e no 2º Grau de Jurisdição”, esclareceu a juíza Priscylla Peixoto. (Com informações da Ascom/Tjap)

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui