Senador propõe parceria com vereadores para definir aplicação de recursos em Santana

  • Senador Davi e um grupo de dez vereadores participaram da reunião, no início da semana
    Senador Davi e um grupo de dez vereadores participaram da reunião, no início da semana - Divulgação
Essa é uma maneira de valorizar o Poder Legislativo de Santana. Sei que atendendo ao requerimento de um vereador estarei atendendo diretamente uma reivindicação da população. —   Davi Alcolumbre - senador pelo Amapá

Em reunião, durante um almoço com a bancada municipal de Santana, no início da semana, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), definiu em consenso com os parlamentares, que a partir do ano que vem todas as emendas parlamentares de sua autoria para o município atenderão integralmente às demandas identificadas através dos requerimentos apresentados na Câmara Municipal. Os recursos previstos para 2018 por meio de emenda individual do senador serão na ordem de R$ 15 milhões de reais e, atendendo à solicitação dos próprios vereadores, serão destinados à infraestrutura, saúde e educação de Santana.

Aos dez vereadores presentes, Davi explicou que essa medida pretende adequar os processos de destinação de recursos e valorizar quem está mais próximo da comunidade e consegue identificar com maior presteza, as necessidades da população. “Essa é uma maneira de valorizar o Poder Legislativo de Santana. Sei que atendendo ao requerimento de um vereador estarei atendendo diretamente uma reivindicação da população”, afirmou.

Para a presidente da Câmara de Vereadores de Santana, Helena Lima, esse reconhecimento contribui para fortalecer a relação entre as diversas esferas de poder. “É muito importante o senador Davi discutir conosco a melhor maneira de atender as nossas demandas; com isso, aproximamos o Legislativo do mandato e mais ainda da população”.

Essa descentralização das decisões considerando as relações entre os poderes colabora para a maior fiscalização por parte dos vereadores, disse o vereador Anderson Almeida, do Democratas. “Temos o papel de legislar e de cobrar do Executivo. Atuando lado a lado com o mandato do senador, estaremos também mais aptos para acompanhar a execução e aplicação dos recursos que com certeza iremos cobrar da gestão municipal”.

O vereador Genival Oliveira afirmou que é uma experiência única que irá beneficiar a todos. “Um senador compartilhar com os vereadores seu poder de decisão é inédito para Santana e um grande avanço para nós”, avaliou.

O município de Santana é o segundo mais populoso do Amapá com mais de 113 mil habitantes e localização privilegiada por ser uma cidade portuária e detentora de uma área de livre comércio criada em 1991. “A correta identificação das necessidades e problemas que afligem a população é que faz com que possamos buscar com êxito as melhores soluções. Pretendo estender essa alternativa a outros municípios e com isso aproximar cada vez mais o mandato no Senado do que realmente deseja a população”, encerrou Davi.

Estiveram presentes os vereadores, Dr. Fabiano Leandro, Dr. Marco Aurélio, Rarison Santiago, Griti, Coló, Ângelo Santos, Jailson Matos, Genival Oliveira, Anderson Almeida, além da presidente da Câmara, Helena Lima.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui