Ofirney Sadala e vereadores eleitos em Santana são diplomados

  • Prefeito eleito Ofirney Sadala e o vice, Neném do Frango, foram diplomados nesta terça-feira
    Prefeito eleito Ofirney Sadala e o vice, Neném do Frango, foram diplomados nesta terça-feira - Divulgação
Hoje, a máquina gasta mais do que arrecada. Então, nós precisamos fazer a inversão. Fazer com que a Prefeitura tenha uma arrecadação maior do que as despesas que ela vem efetuando. —   Ofirney Sadala - prefeito eleito de Santana

O prefeito eleito Ofirney Sadala (PSDC), seu vice, Neném do Frango, além dos 15 vereadores eleitos e seus respectivos suplentes, em Santana, foram diplomados na manhã desta terça-feira, 6, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP). A diplomação referenda o resultado das eleições de outubro e os habilita para a posse no dia 1º de janeiro de 2017.

“A diplomação é um documento legal que, um pré-requisito, para que os eleitos possam tomar posse no dia 1º de janeiro. Nesse documento diz que os candidatos tiveram tantos votos e que estão aptos a tomar posse”, explicou o juiz Adão Carvalho.

A solenidade aconteceu na Igreja Evangélica Assembleia de Deus e contou com a presença de autoridades, eleitos, suplentes, além de familiares e outros convidados. O vereador eleito Rarison Santiago (PRP), que recebeu 1.889 votos, disse que vai trabalhar pela educação e pela juventude. “É trabalhar com os jovens, fazer com que eles tenham uma alternativa de trabalho, de lazer, uma qualificação melhor. Se olhar as páginas policiais do nosso município, vai ver que os jovens estão envolvidos em muitos crimes. Precisamos mudar essa realidade”, disse Santiago.

O prefeito eleito Ofirney Sadala disse que a diplomação é o momento em que a Justiça Eleitoral confirma o resultado das urnas e que, agora, é esperar pela posse para começar a executar o plano de governo defendido durante a campanha. “De imediato, temos que resolver o problema do abastecimento de água na Baixada do Ambrósio, que nos comprometemos durante a campanha; além de melhorar o asfaltamento da cidade e bloquetagem das principais travessas da cidade”, pontou Sadala.

Um dos grandes desafios do novo gestor será enxugar a máquina pública para que as contas da Prefeitura de Santana voltem ao “azul”. “Hoje, a máquina gasta mais do que arrecada. Então, nós precisamos fazer a inversão. Fazer com que a Prefeitura tenha uma arrecadação maior do que as despesas que ela vem efetuando”, afirmou.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui