Governo lança 15 obras na área de segurança pública. Quatro em Santana

  • Maquete do Ciosp que será construído em Santana. Outros dois serão construídos em Macapá
    Maquete do Ciosp que será construído em Santana. Outros dois serão construídos em Macapá - Divulgação
  • Governo também entregou 65 viaturas e 250 armas de fogo  às forças de segurança
    Governo também entregou 65 viaturas e 250 armas de fogo às forças de segurança - Netto Lacerda
O investimento nas 15 obras soma pouco mais de R$ 28 milhões de um total de R$ 126,2 milhões, que serão investidos no setor.

O Governo do Amapá entregou, nesta segunda-feira, 29, a ordem de serviço para a construção de 15 obras na área de segurança pública. Quatro delas serão no município de Santana, que será contemplado com uma unidade do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), nova sede do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM), prédio da Polícia Técnico-Científica (Politec) e Delegacia Especializada na Investigação de Atos Infracionais (DEIAI).

A cerimônia que marcou o início das obras ocorreu ao lado da Fortaleza de São José de Macapá, com a presença do governador Waldez Góes e de outras autoridades políticas, ocasião em que foram entregues 65 viaturas e 250 armas de fogo para as forças policiais. Os recursos são fruto de intensa articulação política do Executivo estadual, presidência do Senado e bancada federal junto à União.

“Foram mais de dois anos elaborando projetos que, depois, foram apresentados à bancada. Nossa equipe de governo foi altamente eficiente e estamos vendo o resultado na entrega de hoje. Todas as ordens de serviços estão com os projetos prontos, licitadas e com recurso garantido, as empresas contratadas irão aquecer a construção civil gerando emprego e renda”, registrou o governador.

Também serão construídos outros dois Ciosp’s, três quarteis do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), mais cinco novas sedes de batalhões da Polícia Militar (PM) e o Píer da Segurança Pública, no distrito de Fazendinha, em Macapá.

O investimento nas 15 obras soma pouco mais de R$ 28 milhões e são parte do total de R$ 126,2 milhões articulados em conjunto pelo Executivo estadual, deputados federais e senadores amapaenses no governo federal, também para o reaparelhamento das forças de segurança pública.

Na 16ª obra de segurança pública serão empregados R$ 41 milhões, capitados do Fundo Penitenciário (Funpen) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Trata-se de uma nova penitenciária, que será edificada em um terreno localizado no km 17 da BR-210, ao norte de Macapá.

Também do Funpen para o sistema penitenciário amapaense estão sendo investidos R$ 18 milhões no reaparelhamento do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Alguns recursos já foram executados e entregues, como os materiais como os oito veículos tipo cela, 60 armas de fogo, munições letais e não letais, 35 rádios de comunicação (HT’s) e 100 coletes, em junho de 2018. Já este ano, um scanner foi entregue e já está em funcionamento para revista de visitantes.

Outro recurso é do MJSP, no valor de R$ 5,7 milhões, com contrapartida de R$ 2,2 milhões do Estado, para a construção de um bloco de segurança máxima dentro da área do Iapen. Também já foi executado deste montante de R$ 126,2 milhões, a aquisição do sistema de radiocomunicação digital da segurança pública, que foi apresentado pelo Governo do Amapá em abril deste ano. O investimento foi de R$ 7,38 milhões, com contrapartida estadual de R$ 122 mil.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários