Casa da Hospitalidade recebe ajuda de R$ 765 mil do governo do Estado

  • Foram assinados dois Termos de Fomento, de R$ 600 mil e R$ 175 mil
    Foram assinados dois Termos de Fomento, de R$ 600 mil e R$ 175 mil - Marcelo Loureiro
Somos gratos e esperamos que essa parceria se fortaleça ainda mais. —   Lene Pacheco - coordenadora da Casa da Hospitalidade

Uma das mais importantes instituições assistenciais de Santana, a Casa da Hospitalidade foi contemplada com um auxílio financeiro no valor de R$ 765 mil do governo do Estado. Os Termos de Fomento foram assinados nesta sexta-feira, 3, pelo governador Waldez Góes, secretária de Inclusão e Mobilização Social, Albanize Colares, e diretora da Casa da Hospitalidade, Maria Nina.

Atualmente, a Casa da Hospitalidade abriga 75 pessoas, entre crianças em regime de acolhimento provisório ou de longa permanência, adultos e idosos em todas as idades, em vulnerabilidade social, com deficiência física e mental. Os recursos serão destinados a dois projetos: o “Acolhendo a Vida”, contemplado com R$ 600 mil, divididos em 10 parcelas de R$ 60 mil cada; e o “Projeto Iluminar”, contemplado com pouco mais de R$ 165 mil, divididos em 12 parcelas iguais.

O dinheiro será usado para auxiliar nas despesas com alimentação e material de consumo, como alimentos e material de higiene, além do custeio de despesas com faturas de energia elétrica, por exemplo.

“Como agentes públicos e cidadãos, temos o dever de fortalecer instituições como esta, que fomentam o espírito de solidariedade, que cumprem um importante papel social na vida dessas pessoas e de suas famílias, oportunizando dignidade, aprendizado e socialização”, frisou Waldez Góes, lembrando que o fomento oficializado este ano, é mais da metade do que foi garantido pelo Estado em 2017 e 2018.

A instituição de acolhimento sem fins lucrativos atende pessoas com deficiências múltiplas, transtornos mentais, e menores sob medida protetiva, encaminhadas pela Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar. A coordenadora da Casa da Hospitalidade, Lene Pacheco, externou a importância da parceria com o governo para a manutenção do trabalho, que é contínuo e abrangente.

“Esse olhar solidário dá segurança ao serviço social que desenvolvemos. Acolhemos pessoas de diversos municípios e, esse apoio nos dá condições de atender com mais qualidade. Somos gratos e esperamos que essa parceria se fortaleça ainda mais”, estimou Lene Pacheco.

Doações

A coordenadora lembrou que a entidade também precisa de doações da sociedade. E mesmo que as pessoas não tenham como contribuir materialmente, a doação de tempo e de atenção são muito valiosas, tanto para os acolhidos quando para os colaboradores e cuidadores, segundo ela. A Casa da Hospitalidade é aberta para visitação aos domingos, a partir de 15h. Está localizada no município de Santana, na Avenida José de Anchieta, nº 360, bairro Comercial.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários