Com prédio interditado, alunos da Everaldo Vasconcelos serão distribuídos em duas escolas

  • Depois do incidente, a Escola Everaldo Vasconcelos foi interditada e passará por reforma
    Depois do incidente, a Escola Everaldo Vasconcelos foi interditada e passará por reforma
Escola está interditada desde o dia 12 de janeiro, quando a cobertura de um dos corredores desabou

O prédio da Escola Estadual Everaldo Vasconcelos, no bairro Paraíso, continua interditado. Sem previsão para que o espaço seja liberado, os alunos matriculados para o ano letivo de 2019 serão distribuídos em duas escolas: Barroso Tostes, no bairro Central; e Escola de Pesca, no Distrito Industrial.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação (Seed), os estudantes do ensino médio irão estudar na Escola Barroso Tostes, no turno da noite. As aulas estão previstas para iniciar no dia 18 deste mês. Já os alunos matriculados no ensino fundamental serão alocados na Escola de Pesca, cujas aulas devem começar no dia 25 de março. Como a escola fica fora da zona urbana de Santana, o Estado garantiu que vai disponibilizar transporte aos estudantes.

A Escola Everaldo Vasconcelos foi interditada no dia 12 de janeiro deste ano, depois que a cobertura de um dos corredores desabou. Após vistoria, foi constatado que o espaço não oferecia condições de segurança para estudantes, professores e corpo técnico. A Seed informou que a quadra poliesportiva será adaptada para que os alunos possam voltar à escola. Os serviços devem ser concluídos em maio deste ano. Quanto à reforma, a licitação para contratar a empesa responsável pela obra está prevista para ser finalizada ainda no primeiro semestre de 2019.

Por enquanto, o setor administrativo funciona em um espaço cedido pela Prefeitura Municipal de Santana (PMS), no bairro Paraíso.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários