Suspeito de homicídio é assassinado horas depois do crime

  • Jean foi assassinado na frente da casa onde morava, no bairro Provedor 2
    Jean foi assassinado na frente da casa onde morava, no bairro Provedor 2
Jean era tido com o provável assassino de Roberto da Silva Pacheco, morto na madrugada de ontem, em frente à boate no Nova Brasília.

Menos de 24 horas depois da morte de um homem, em frente a uma boate no bairro Nova Brasília, em Santana, o suspeito do crime foi assassinado. Jean Santos Gouveia, 20 anos, morreu depois de ser baleado no bairro Provedor 2. Ele seria o autor do homicídio registrado horas antes. Mas a Polícia Civil ainda não confirmou a informação.

Por volta e 20h30 desta segunda-feira, 9, Jean e o tio estavam sentados na frente da casa, que fica na Travessa 17. À Polícia Militar, o tio revelou que, do outro lado da rua, havia um homem. Quando a região ficou sem energia elétrica, ele atirou contra Jean. Pelo menos três tiros atingiram a vítima, que foi levada ao Hospital Estadual de Santana, mas não resistiu. O suspeito de ter cometido o crime foi identificado apenas como “Jocimar”.

Jean era tido como o provável assassino de Roberto da Silva Pacheco, morto na madrugada de ontem, em frente à boate no Nova Brasília. Testemunhas disseram que, por volta de 4h, um homem chegou ao local, atirou várias vezes em Roberto e fugiu. Jean também é suspeito de envolvimento no homicídio de Jhonatan da Silva Sales, o “Chapado”, cuja motivação seria disputa pelo tráfico de drogas.

O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Santana, no bairro Igarapé da Fortaleza. Até a publicação desta reportagem, “Jocimar” não havia sido preso.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários

Anuncie Aqui